O mercado de franquias tem vivido um período de plena valorização no Brasil. Para o ano de 2018, estima-se que haverá aumento no faturamento, no número de unidades franqueadas e também na geração de empregos no setor.

Com essa expansão, tornar-se um empreendedor franqueado tem sido uma tendência para quem sonha em ser o dono do próximo negócio.

Nesse caso, investir em uma marca já consolidada é uma possibilidade que se apresenta muito atraente.

Casos de sucesso como o do Grupo Boticário e da Rede de Lojas AM/PM, que estão no topo da lista das 50 maiores franquias no Brasil, inspiram milhares de brasileiros a investir nessa modalidade comercial.

Pensando nisso, reunimos algumas informações sobre grandes franquias que atuam em solo brasileiro e também alguns traços dos perfis dos empresários que as administram. Confira!

Como as grandes franquias escolhem seus franqueados

Para entrar nesse segmento, o candidato passa por um processo rigoroso de seleção.

Por exemplo, para abrir uma franquia da empresa Kumon (7ª maior no Brasil em número de unidades em 2017), é necessário ter entre 25 e 45 anos, além de ser formado em alguma área acadêmica.

Porém, os requisitos de cada marca costumam variar. Exemplo disso são os da multinacional Spoleto.

A empresa não indica como condição para os candidatos uma formação acadêmica. No entanto, é importante morar próximo ao local da franquia.

Além da Spoleto, que alcançou 371 unidades no Brasil em 2017, outra marca que também prioriza que os candidatos morem perto das lojas é a rede de restaurantes Vivenda do Camarão.

Características de um empreendedor franqueado

Apesar de cada empresa definir seus próprios requisitos, o perfil do empreendedor está relacionado com as suas características comportamentais, como o gosto por trabalho duro e a capacidade de cumprir suas próprias metas.

Veja outros traços importantes:

O desejo de investir em uma marca já consolidada

Os brasileiros, de forma geral, têm o desejo de não começar uma empresa do zero. Eles querem ter suporte, com base na experiência a ser adquirida junto a uma franqueadora.

Além disso, com esse modelo de negócio será possível desenvolver o networking e trocar conhecimentos com outros franqueados que enfrentam desafios semelhantes.

Assim, o empreendedor terá a sensação de não estar sozinho.

O sonho de ter o próprio negócio

O sonho de ter um negócio próprio, aliado à perseverança na luta para alcançar esse objetivo, é, sem dúvidas, uma das características mais marcantes do empreendedor franqueado.

Nesse aspecto, um ponto fundamental é gostar de liderar pessoas, além de ter visão geral de negócios e gostar planejar. Quem souber utilizar o suporte da franqueadora, vai conseguir crescer no mercado.

A experiência consolidada na área

Geralmente, um dos mecanismos utilizados na escolha é a análise do currículo dos candidatos a franqueados.

As experiências mostram para as empresas que o solicitante possui embasamento para alcançar sucesso na área.

Por outro lado, o candidato adquire a confiança necessária para empreender.

Por exemplo, se o objetivo é investir em uma franquia no ramo de alimentação, ter vivenciado situações na área vai ajudar na hora de fazer a leitura do mercado.

O perfil do empreendedor franqueado está relacionado com essas características, mas é importante levar em consideração que existem vários caminhos possíveis.

E são inúmeros os históricos de sucesso. Você tem algum?

Deixe seu comentário e compartilhe conosco um pouco da sua experiência!