Hoje, as possibilidades de desenvolver o empreendedorismo em Brasília são mais animadoras. As pessoas estão buscando novas alternativas para repensar o que querem da vida. Nesse sentido, a crise econômica não representa uma ameaça, mas um desafio que pode ser vencido com muita criatividade e vontade de fazer.

A capital do Brasil ainda é uma jovem senhora: são 56 anos de história desde a sua fundação. Quem é visionário enxerga isso como uma vantagem. Afinal, é um sinal que existe espaço para diversos nichos de mercado.

O governo quer incentivar o empreendedorismo em Brasília

Diversas projeções foram feitas pelo governo do Distrito Federal para esse ano. As principais são: destinar mais recursos para obras de infraestrutura, trabalhar na redução de dívidas e estimular o desenvolvimento econômico.

A expectativa é aumentar a participação de projetos que impulsionem a qualidade de vida em Brasília. Estreitar o relacionamento com o setor de produção configura-se como o maior objetivo. A ideia é fazer com que os líderes do comércio e indústria apoiem a elaboração de leis que contemplem a geração de emprego e renda.

Além disso, também é intenção do governo construir uma ciclovia na Estrada Parque Taguatinga. A implementação do bilhete único pretende possibilitar o pagamento de uma única passagem, mesmo que o passageiro precise pegar duas linhas distintas.

Tudo isso favorece um ambiente de desenvolvimento e empreendedorismo por meio da atração de novos negócios e oportunidades de trabalho na cidade em que Oscar Niemeyer ergueu monumentos que se tornaram símbolos nacionais.

A dor e a delícia de ser empreendedor

É claro que nem tudo são flores quando o assunto é começar um novo negócio. Os empreendedores iniciantes precisam mostrar resiliência para enfrentar os desafios. Muitos erros estão associados à falta de conhecimento, planejamento ou estratégia.

Outro problema comum é quando o gestor assume uma enorme quantidade de tarefas sozinho. O resultado pode surgir na forma de estresse e baixa produtividade. É preciso saber delegar as atividades e gerenciar equipes com liderança e eficiência.

Muitos investidores que abriram o próprio negócio do zero conseguiram prosperar com ajuda de insights desses profissionais. Leve em consideração que você não precisa saber de tudo, mas é necessário ter parceiros que compreendam as necessidades da sua empresa e ajudem no processo de tomada de decisões.

Todo mundo quer ganhar dinheiro, mas o empreendedor acredita que pode deixar o mundo melhor com a qualidade do produto ou serviço que ele tem para oferecer. O seu combustível é a paixão em produzir e transformar.

É importante equilibrar as emoções na hora de empreender

A paixão pelo trabalho não pode ser maior que o bom senso da razão. Nesse sentido, o ideal é equilibrar emoção e razão para empreender com sabedoria. Fazer um planejamento estratégico, buscar soluções para gerenciar melhor os processos da organização e ainda estruturar as ações de marketing é fundamental.

O marketing deve fazer parte do orçamento desde a abertura da empresa. É um erro achar que o produto se vende sozinho. O impacto da globalização e do novo cenário econômico fizeram com que o consumidor se tornasse mais seletivo. É preciso investir em ideias atrativas para driblar esses desafios e se destacar da concorrência.

Como você viu, o cenário para o empreendedorismo em Brasília é favorável. Busque informações sobre o seu nicho, estude o mercado e mergulhe de cabeça naquilo em que você acredita!

Tem alguma dúvida ou experiência em lidar com oportunidades de negócio? Então deixe o seu comentário no post!