Atualmente, os softwares de gestão são o braço direito de muitos empresários. E, ao contrário do que alguns gestores pensam, o uso dessas ferramentas não ocorre apenas em grandes corporações. Usar softwares de gestão para PMEs é extremamente vantajoso, especialmente se você assume várias funções na empresa e tem uma rotina bastante agitada.

Com um software de gestão especializado em pequenas e médias empresas, você consegue ficar de olho em tudo o que está acontecendo e ter o domínio de todas as situações, otimizando processos e gerando mais resultados.

Portanto, acompanhe a partir de agora 4 sugestões de softwares de gestão para PMEs e entenda como eles podem ajudar no seu dia a dia!

1. Controlle

O sofware de gestão da Controlle tem cerca de 500 mil usuários. Entre outras funcionalidades, oferece recursos como: fluxo de caixa, categorização, conciliação bancária, controle de contas e cartões, criação e envio de propostas, e relatórios de movimentação.

É possível começar com um plano gratuito, mas também existem versões mais completas por R$ 49 e R$ 99 mensais.

2. QuickBooks

O QuickBooks tem se tornado cada vez mais popular entre donos de empresa e gestores. O software conta com duas versões: a primeira é voltada especialmente para profissionais liberais e pequenos empresários; a segunda serve para todo tipo de empreendimento, incluindo as pequenas e médias empresas.

Ambas as versões permitem controlar fluxo de caixa, emitir relatórios, boletos e notas fiscais eletrônicas. Já a segunda versão conta com funções extras, como gerenciamento de inventário e relatórios avançados para auxiliar na conciliação bancária.

Nos dois casos, a plataforma é simples e intuitiva, o que também conta pontos a favor do QuickBooks, que também conta com uma versão gratuita. Na versão paga, custa R$ 17,90 mensais ao fechar um plano de 12 meses.

3. ContaAzul

Atualmente, o ContaAzul é um dos softwares de gestão para PMEs mais conhecidos do Brasil. Tanto é que já ultrapassou os 500 mil usuários ativos. O sistema permite controlar as operações financeiras, além de também ajudar na gestão das vendas, do estoque, na emissão de boletos e notas fiscais eletrônicas.

Um dos pontos interessantes do ContaAzul é que a empresa possui contadores parceiros em todo o Brasil. Então, mesmo que você não queira gerenciar tudo por conta própria, é possível utilizar a ferramenta ao contar com o apoio de um profissional da área.

O ContaAzul oferece quatro planos diferentes, de acordo com o formato da empresa. O plano mais popular é justamente o do pequeno empresário, que sai por R$ 139 mensais.

4. Granatum

Com cerca de 20 mil usuários ativos no Brasil, o sistema da Granatum é outra opção interessante. Conta com funcionalidades como fluxo de caixa e fluxo por competência, emissão de notas fiscais e boletos, relatórios gráficos, centro de custos e lucros, cobrança por cartão de crédito, entre outros.

Ao contrário de outros softwares, o Granatum oferece um único plano. A grande diferença é que pode ser customizado de acordo com as necessidades de cada cliente. Na modalidade de pagamento mensal, ele custa R$ 61. Esse valor cai se a sua empresa fechar um plano semestral ou anual.

Em uma época de tanta competitividade como a atual, os softwares de gestão para pequenas e médias empresas tornam-se fundamentais para o funcionamento preciso do negócio. Ao investir no planejamento e organização, o empresário economiza com multas, corta gastos e coloca o capital para funcionar de maneira estratégica a favor do empreendimento.

E você? Gostou das nossas dicas de softwares de gestão para PMEs? Então, aproveite e assine a nossa newsletter. Assim, você será sempre o primeiro a receber os novos conteúdos!