Consolidar um empreendimento no mercado — tornando-se referência no segmento — é uma tarefa relativamente complicada, que exige muita dedicação e comprometimento do empresário. Entretanto, há recursos que tornam esse processo mais simples, como apostar em uma parceria de negócios.

A cooperação é capaz de alavancar as organizações, garantindo resultados melhores para todos os envolvidos. Essa estratégia também é uma maneira eficaz de expandir o empreendimento e manter-se competitivo.

Quer saber como firmar boas parcerias e escolher os aliados corretos? Basta seguir as dicas do nosso post de hoje!

Pesquise sobre o possível parceiro

Antes de fazer uma proposta, é fundamental conhecer bem as características pessoais do parceiro em questão. Pesquisando ainda sobre o seu negócio, lembre-se de analisar os produtos oferecidos e a qualidade do atendimento.

Para não ter erro, solicite referências para clientes e fornecedores que já lidaram diretamente com aquela empresa e, claro, com o empreendedor responsável pela organização.

O principal objetivo aqui é certificar-se de que o negócio cumpre aquilo que promete. Isto é: que os serviço prestado está de acordo com o que foi informado.

Busque uma parceria de negócios que beneficie ambos

Não estipule ações que sejam vantajosas apenas para o seu próprio negócio. Afinal, essa atitude causará atritos irreparáveis, rompendo a cooperação antes mesmo de ela se consolidar.

Nesse cenário, o ideal é apostar em estratégias que beneficiem igualmente todas as empresas que aceitaram o acordo. Não se esqueça de que vocês são parceiros e não concorrentes.

Opte por pessoas com objetivos e valores semelhantes

As pessoas têm princípios e concepções bem distintas, fator que pode gerar uma certa desavença. O motivo é simples. Suponha que você pretende ampliar o negócio, investindo em um novo mix de produtos, mas o suposto parceiro acha que ainda é cedo para tomar essa atitude e prefere mantê-la no mesmo molde. E caso você insista na ideia, ele romperá a aliança.

Diante desse impasse, o que será feito? Perceba que é importante se aliar a pessoas que tenham o mínimo de afinidade com seus propósitos. Essa estratégia também ajudará a evitar parceiros de moral questionável ou convicções deturpadas.

Estabeleça um período de experiência

Para ter certeza de que o negócio fechado entres os demais colaboradores funcionará de acordo com a sua expectativa, determine um período de experiência. Na data estipulada, avalie como foi a parceria e pondere sobre os pontos positivos e negativos.

Dessa forma, será possível verificar se o acordo foi satisfatório, se o vínculo será estendido ou se é o momento de finalizar a parceria e procurar outros interessados.

Evite erros imperdoáveis

Existem alguns equívocos que são inadmissíveis e podem atrapalhar significativamente o seu negócio. A busca por parceiros próximos, que são amigos ou familiares, por exemplo, é um erro grave e deve ser evitado.

Outra falha que acabará com qualquer tipo de aliança é pensar que o parceiro representa exclusivamente uma fonte de renda, não levando em consideração as opiniões omitidas por ele.

Buscar companheiros que apresentam as mesmas habilidades é mais um fator que pode ser prejudicial. Afinal, aptidões diferenciadas podem contribuir para o fortalecimento e crescimento das empresas.

Fechar uma boa parceria de negócios é a chave para o sucesso e renderá resultados promissores. Por isso, comece a pensar nessa possibilidade agora mesmo!

Gostou do conteúdo? Então deixe um comentário e compartilhe a sua opinião!