Você tem um produto novo e quer lançá-lo sem correr grandes riscos? Então você deveria realizar uma pesquisa de mercado. Quando bem-feita, essa metodologia pode mapear o perfil do consumidor e saber se o produto ou serviço será, de fato, rentável.

Além disso, por meio de questões específicas as pesquisas de mercado conseguem delinear o que é preciso melhorar antes de lançar o produto — e, de quebra, descobrir um segmento ou uma característica do seu público que você nem imaginava.

Quer saber como? Acompanhe este texto e conheça 4 sugestões de como montar uma pesquisa de mercado. Confira!

1. Amplie o público-alvo do seu produto

Muitas vezes, quando já se possui um produto ou um serviço no mercado, é interessante saber a satisfação do público que o já consome. No entanto, para lançar um novo produto, essa carteira de clientes deve ser ampliada.

Sendo assim, aplique a pesquisa de mercado em pessoas que ainda não pertencem à sua clientela. Dessa maneira, você pode colher informações novas e obter percepções sobre você que os seus clientes anteriores não observaram. Você ainda pode perceber se há um segmento de seu público de interesse que deve ser levado em conta.

2. Comece com questões amplas e gerais

Não adianta começar a sua pesquisa de mercado fazendo perguntas muito específicas. Elas podem assustar quem as responde e ignorar detalhes gerais que seriam interessantes. Isso posto, comece fazendo perguntas de ordem demográfica.

Queira saber sobre a idade, o gênero, a idade e a profissão das pessoas, por exemplo. Pergunte também sobre algum hábito de consumo ou comportamento pessoal. Depois parta para perguntas mais específicas. Saiba como elaborar algumas destas a seguir.

3. Faça perguntas mais detalhadas

Cargo na empresa, faixa salarial e concorrentes são algumas questões que devem ser levantadas no segundo momento da pesquisa de mercado. Nessa etapa o entrevistado já está mais tranquilo e interessado em contar sobre suas particularidades.

No entanto, tenha cuidado para não fazer questões muito invasivas. Tentar saber o salário exato do entrevistado não é recomendável, por exemplo — prefira oferecer uma faixa salarial para que o entrevistado escolha. Você também pode sugerir um valor para determinado produto e perguntar o que ele acha do preço.

4. Não se apoie apenas em pesquisas já realizadas

Hoje em dia existem inúmeros bancos de dados disponíveis na internet ou em agências especializadas. Cada um fornece informações de todo tipo sobre diversos clientes. Porém, basear-se apenas nesses dados pode trazer uma imagem turva sobre o seu público.

Pode ser que as pesquisas estejam ultrapassadas ou que suas metodologias tenham desconsiderado parte de uma clientela que poderia ser interessante conhecer. Sendo assim, conheça essas pesquisas, mas elabore a sua própria para ter condições de contestar alguns dados e descobrir outros.

Essas foram algumas dicas para você elaborar uma pesquisa de mercado certeira e eficaz. Com os resultados colhidos, estude-os e aplique-os no seu plano de negócios. Os dados ajudarão na criação de várias estratégias para fortalecer o seu empreendimento.

Além de uma boa pesquisa de mercado, você vai precisar organizar as suas rotinas para articular novas táticas. Aproveite e descubra como otimizar processos na sua empresa!