Quando se está querendo crescer em qualquer lado da vida, pessoal ou profissional, busca-se a maior quantidade de referências possíveis. Com elas, é possível que se construa novas linhas de pensamento e, consequentemente, novos argumentos. Afinal, quando o assunto é a introdução (ou a manutenção, por quê não?) no mercado corporativo, um caminho recomendado é a leitura de livros escritos por especialistas e até mesmo de profissionais da área, que falem sobre o tema.

Sabendo disso, a MOAI trouxe 5 obras essenciais para quem quer se destacar, se atualizar e saber o que é essencial, nos dias de hoje, para conseguir crescer nesse mercado que está sempre em atualização e é tão competitivo.
Pegue um café, se ajeite na cadeira e prepare-se: a leitura vai começar.

“Reinvente Sua Empresa”, David Heinemeir Hasson

Publicado em 2010 por David Heinemeir Hasson, criador do Ruby on Rails, o livro “Reinvente sua empresa” apresenta argumentos contra a ideia dos workaholics e sobre as ideias tradicionais de como ganhar espaço, notoriedade e poder dentro de uma instituição.
É uma leitura imperdível para quem está cansado do tradicionalismo dentro das corporações ou, simplesmente, para quem quer iniciar o planejamento do próprio negócio com o ritmo mais dinâmico e moderno.

“Pai Rico, Pai Pobre”, Robert T. Kiyosaki

Provavelmente uma das inspirações que, se ainda não estão na sua cabeceira, vai estar em breve: Robert T. Kiyosaki. Fundador da Cashflow Technologies, Kiyosaki ganhou destaque com a sua carreira de escritor após a publicação de “Pai Rico, Pai Pobre”.
O livro que foi publicado em 1997, é uma referência para quem procura por educação financeira. Kiyosaki afirma que a consolidação da base educacional financeira é o passo principal para quem deseja construir um patrimônio sólido.

“Inteligência Emocional”, Daniel Goleman

Considerada a responsável por transformar a maneira de pensar a inteligência, essa obra, escrita pelo jornalista científico Daniel Goleman, introduz novos conceitos sobre a inteligência e seu desenvolvimento, como: a consciência das emoções e a influência dos casos cotidianos na maneira de pensar do ser humano.

“A Boa Sorte”, Alex Rovira e Fernando Trías de Bes

Com mais de 3 milhões de cópias vendidas, “A Boa Sorte” explica a diferença dos conceitos “sorte” e “boa sorte” para ilustrar que o sucesso não é fruto de um acontecimento do acaso, mas que é uma consequência das situações criadas por cada indivíduo em sua jornada profissional. Leitura recomendada para quem busca por uma fonte de inspiração no dia a dia.

“O Monge e o Executivo”, James C. Hunter

Publicado por James C. Hunter, empresário com mais de 20 anos de experiência, “O Monge e o Executivo” conta a história de um executivo que abandonou a sua carreira para se tornar um monge. Essencial para aqueles que buscam ativar o espírito de liderança dentro de si, extraindo o melhor rendimento de sua equipe.

Tem alguma dúvida sobre como gerenciar ou tirar o seu negócio do papel? Entre em contato com a MOAI.

Por Lucas Liberato.

LinkedIn

Facebook

Instagram