Sabemos o quanto pode ser difícil colocar as ideias no papel e, até mesmo, organizá-las para que não virem ideias sem pé nem cabeça, a famosa ‘ideia Frankenstein’.
Porém, em um mundo interconectado, onde as informações correm e a transmissão de conhecimento se torna cada vez mais frequente, inúmeras opções de aplicativos e dicas de como se organizar não faltam.
Para que este excesso de informações não te atrapalhe e mude o seu foco, a MOAI trouxe 4 dicas especiais para você otimizar o seu tempo, melhorar o seu workflow e, principalmente, ter muitas ideias.

Prepare o caderno, a caneta e boa leitura!

1 – Organize o seu dia

Para começar, planeje a sua semana. Uma rotina bem organizada, com ordens de prioridade e divisões entre a vida pessoal e profissional, é uma das bases de sucesso da maioria dos empresários, criativos e de qualquer outro profissional que tem a necessidade de aumentar a sua produtividade.
Alguns aplicativos que nós recomendamos são: Todoist, Trello e Evernote. Essenciais e insuperáveis em termos de usabilidade para o usuário.

2 – Tenha recursos para evitar imprevistos

De vez em quando, é necessário alinhar a produtividade de acordo com o horário dos seus colaboradores, estando eles em outros países ou não. Para que imprevistos, no sentido de horários, não ocorram, indicamos que faça o uso do aplicativo Timezone.io.
Outra situação bastante comum no meio profissional, que pode (e deve) ser evitada, é o atraso em reuniões. Para evitar tais situações, o plug-in Cisco Spark Meeting Notes permite que você receba um lembrete no início das manhãs com um panorama das reuniões diárias. Excelente pedida também para quem deseja otimizar a agenda.

3 – Mantenha o foco

Quantas vezes você já não se viu perdido, sem saber por onde começar, devido às várias demandas pendentes? Pois é.
Para que o trabalho não pare e você consiga manter a produtividade sem perder o foco, existem mecanismos que podem te ajudar, como, por exemplo, a aplicação da técnica Pomodoro, onde se usa um temporizador pelo período de 25 minutos que para por 5 minutos para descanso. Essa técnica é uma das mais utilizadas no meio acadêmico e profissional.
Recomendamos também o Forest e o FocusList.

4 – Preserve os seus hábitos

Um dos segredos do workflow do processo criativo é a prática de atividades extraprofissionais, afinal, não é só de trabalho que um humano sobrevive. Por isso, não deixe que os hábitos sejam engolidos pela sua rotina. Faça com que a sua rotina se adapte ao seu momento de lazer e atividades que te deem prazer. O app Strides é uma boa pedida.

Por Lucas Liberato.

LinkedIn

Facebook

Instagram